Mulher aciona polícia após ser ferida com espeto de assar carne pelo marido

O suspeito ameaçou matar a vítima e foi preso em flagrante em uma residência

| TOP MíDIA NEWS/DANY NASCIMENTO


Foto: Ilustração/TopMídiaNews

Uma mulher de 33 anos acionou a Polícia Militar após ser ferida pelo marido, Gilmar Rabelo Ferreira, 46 anos, com um espeto de assar carne na noite de ontem (7), em uma residência no bairro Jardim Independência, em Dourados.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, o suspeito teria passado o dia ingerindo bebida alcóolica e começou a ser grosseiro com a esposa, suspeitando de uma possível traição. A vítima disse que chegou do trabalho com o marido e foi para o quarto da casa, já que Gilmar apresentava nervosismo.

Ele questionou a vítima sobre traição e a mesma disse que não teria ocorrido, já que passou o dia cuidando do comércio da família. Outros amigos estavam na casa do casal e a vítima teria pedido para uma amiga não ir embora, porque estava com medo de ficar sozinha como marido.

Irritado, o homem foi até a esposa e questionou se a mesma queria sair com os amigos. Ela respondeu que não, quando Gilmar se apossou de um espeto e desferiu golpes contra a esposa, deixando lesões nos braços e pernas da mesma. Uma amiga entrou no meio da briga e o suspeito ameaçou matar a esposa dentro da residência.

“Vou te matar, some daqui se não te mato”, disse o homem.

Com medo, a mulher entrou no carro e tentou sair da casa, mas Gilmar correu atrás do carro e ficou batendo com o espeto no capô. Ele lançou uma chave de fenda contra a mulher.  

Ela acionou a polícia, contou que já foi agredida anteriormente e solicitou medidas protetivas contra o marido. O caso foi registrado na delegacia de Dourados.  

Uma mulher de 33 anos acionou a Polícia Militar após ser ferida pelo marido, Gilmar Rabelo Ferreira, 46 anos, com um espeto de assar carne na noite de ontem (7), em uma residência no bairro Jardim Independência, em Dourados.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, o suspeito teria passado o dia ingerindo bebida alcóolica e começou a ser grosseiro com a esposa, suspeitando de uma possível traição. A vítima disse que chegou do trabalho com o marido e foi para o quarto da casa, já que Gilmar apresentava nervosismo.

Ele questionou a vítima sobre traição e a mesma disse que não teria ocorrido, já que passou o dia cuidando do comércio da família. Outros amigos estavam na casa do casal e a vítima teria pedido para uma amiga não ir embora, porque estava com medo de ficar sozinha como marido.

Irritado, o homem foi até a esposa e questionou se a mesma queria sair com os amigos. Ela respondeu que não, quando Gilmar se apossou de um espeto e desferiu golpes contra a esposa, deixando lesões nos braços e pernas da mesma. Uma amiga entrou no meio da briga e o suspeito ameaçou matar a esposa dentro da residência.

“Vou te matar, some daqui se não te mato”, disse o homem.

Com medo, a mulher entrou no carro e tentou sair da casa, mas Gilmar correu atrás do carro e ficou batendo com o espeto no capô. Ele lançou uma chave de fenda contra a mulher.  

Ela acionou a polícia, contou que já foi agredida anteriormente e solicitou medidas protetivas contra o marido. O caso foi registrado na delegacia de Dourados.  



Comentários

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE