Mais 200 exames são realizados nas barreiras e 33 testaram positivo para coronavírus

De acordo com o prefeito Marquinhos Trad, mais de 97 mil pessoas passaram pelas barreiras

| MIDIAMAX


Foto: (Diogo Gonçalves | PMCG)

Nas barreiras sanitárias de Campo Grande, 200 novos exames foram realizados e 33 pessoas testaram positivo para o coronavírus. De acordo com o prefeito Marquinhos Trad (PSD), até esta segunda-feira(29), 97.882 pessoas passaram pelas barreiras da capital.

Com avanço do coronavírus, o prefeito comentou que o número de pessoas com sintomas da doença aumentou nas barreiras sanitárias. “Nós fomos obrigados a realizar quase 200 novos exames e desses 200, 33 deram positivo para a Covid-19”, afirmou.

Em transmissão ao vivo nas redes sociais, Marquinhos ressaltou que antes das barreiras, os infectados vindo de fora da cidade poderiam circular livremente pela capital. Porém, com a medida de enfrentamento, quem testa positivo para o coronavírus é mapeado pela prefeitura.

Com 35 casos e 75 suspeitas de coronavírus, Rochedo adota lockdown por 15 dias

Dexametasona a pacientes graves da covid-19 ‘salva vidas’, diz OMS

“Esses 33 são monitorados, a prefeitura liga nas residências, para saber se de fato estão em isolamento domiciliar e quando vão sair da nossa cidade”. Além disto, o prefeito explicou que a equipe liga para atualizar o quadro de sintomas do infectado.

Até esta segunda-feira (29), quase 49.125 veículos entraram em Campo Grande. Para Marquinhos, o alto número de pessoas entrando na cidade também é um reflexo do avanço da doença no interior do estado.

“A grande maioria dos casos estão vindo do interior e como nós estamos em um sistema de saúde universal, o SUS, a capital não pode falar não para aqueles que vem do interior”. Assim, ele destacou a importância das barreiras. “Por isso temos que regrar, para que a pessoa ao vir para nossa cidade, tenha segurança absoluta de que ela não está enferma com esse vírus”.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE