Ana Hickmann se defende após ex-marido dizer que ela é alcoólatra: ‘eu alertei’

De acordo com Alexandre Corrêa, Ana Hickmann chegou a parar de comer para consumir álcool

| MIDIAMAX/JOãO RAMOS


Acusada de ser alcoólatra pelo ex-marido Alexandre Corrêa, a apresentadora Ana Hickmann se manifestou em um longo desabafo e deu explicações sobre algumas alterações físicas em seu corpo que os fãs têm notado. O pronunciamento aconteceu horas após a coluna Fábia Oliveira, do Metrópoles, divulgar um áudio de Alexandre afirmando que a ex tem sérios problemas com alcoolismo.

“Ela bebia e ficava extremamente violenta e agressiva. Disso, criava fatos contra mim, criava situações e me humilhava na frente de todos e de tudo. Agora, o comportamento dela se torna mais latente, porque ela inclui o doente mental do Eduardo Guedes. Quem concorda com uma insanidade mental é doente mental junto, então são dois loucos juntos', declarou.

De acordo com Alexandre, Ana Hickmann chegou a parar de comer para beber: “Essa ingestão de álcool [da Ana] se deu, principalmente, durante a pandemia. Eu alertei a família diversas vezes sobre o excessivo consumo de álcool da Ana Hickmann. De segunda segunda, não havia uma miséria refeição que ela não fazia ingestão de álcool. O que era uma taça, virou duas, virou meia garrafa e quando não, muitas vezes, ela tomava uma garrafa. De sexta a domingo ela passava embriagada, de sexta a domingo, de ponta a ponta e toda vez ela bebia', afirmou no áudio divulgado pela coluna do Metrópoles.

Resposta de Ana Hickmann?

Horas depois da divulgação, Ana Hickmann abriu a câmera do Instagram e fez stories que foram considerados uma resposta ao ex-marido.

“Teve bastante gente falando sobre a minha voz. Na verdade, a minha voz está um pouquinho rouca por conta do cansaço e, principalmente, por causa do estresse emocional que venho vivendo nessas últimas semanas, nesses últimos meses. A minha pele está também reagindo a isso, infelizmente', iniciou Ana Hickmann.

“Graças a Deus, aqui [na cabeça] está tudo bem, mas é difícil. A cada hora é uma novidade mais esdrúxula do que a outra. Eu não tenho mais 24 horas de sossego, mas a gente segue lutando e trabalhando muito', continuou ela.

“Eu não vou fazer diferente, mesmo que tantos absurdos sejam ditos por aí, sejam pleiteados na justiça, um pior do que o outro, a gente continua… Apesar de tudo, apesar de todos os problemas que continuam causando para a minha vida, eu tenho muita gente querida ao meu redor. Muita gente querida mesmo', concluiu a apresentadora.



Comentários

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE