Em live, Bolsonaro diz que morre mais gente de pavor do que covid-19

Presidente destacou que todo mundo 'vai embora um dia'

| TOP MíDIA NEWS/THIAGO DE SOUZA


Crédito: Reprodução Facebook

O presidente Jair Bolsonaro refletiu, durante live na noite desta quinta-feira (21), que no Brasil se morre mais de pavor do que do novo coronavírus. A fala ocorre no dia em que o País bate recorde negativo de 20 mil óbitos pela doença. 

Bolsonaro estava acompanhado do ministro da Infraestrutura Tarcísio Freitas e voltou a defender que a doença não seja tratada como algo alarmante. 

''Pessoal tem gente morrendo todo dia. A gente lamenta...Morre muito mais gente do pavor do que o ato [coronavírus] em si. O pavor também mata, leva ao estresse, leva ao infarto…'', refletiu o presidente. 

Bolsonaro destacou que o governo federal tem, desde o início, liberado recursos para enfrentar a pandemia. 

Ao final dessa reflexão, o presidente destacou: ''Queremos que o Brasil volte à normalidade. A única certeza que a gente tem é que vai todo mundo embora um dia''.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE