Gusttavo Lima quebrou a internet após fazer uma live de 5 horas de duração exibida diretamente da sala de sua mansão. Mas além de toda a produção caprichada, o artista ainda arrecadou toneladas de alimentos através de doações para instituições de caridade e bateu o recorde que antes era de Beyoncé durante o show da artista no Coachella, em 2018, reunindo 750 mil acessos simultâneos durante a transmissão.

 

O cantor deixou o vídeo da primeira edição disponível no Youtube na manhã desta segunda-feira (30) ainda aparecia como o primeiro mais visto no Youtube e contava com mais de 13 milhões de visualizações.

 
Após a live de Gusttavo Lima, os fãs começaram uma campanha para Jorge e Mateus também fazer uma transmissão on-line e a dupla sertaneja confirmou. Eles ainda não divulgaram a data.

 

Marília Mendonça, uma das primeiras a realizar lives nesse período de isolamento por causa do coronavírus, comentou que também está sendo cobrada pelos fãs.

 
"Tá feliz, Gusttavo Lima, a pressão que eu tô sofrendo. Você inflacionou o mercado das lives, cara", escreveu a cantora em suas redes sociais.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE