O técnico Vanderlei Luxemburgo, do Palmeiras, afirmou que está “preparado para ser treinador da Seleção Brasileira“. Durante a participação no programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, Luxa declarou que aceitaria um convite para comandar o Brasil, mas que não é seu principal objetivo no momento.

 

“Eu não direcionei agora para a Seleção Brasileira. Se eu estou preparado para ser técnico da Seleção Brasileira? Eu estou preparado. Não tenho nenhuma dúvida. Se acontecer amanhã de o Tite sair e vier um convite para mim, eu serei um profissional preparado para isso. É diferente de quando você projeta chegar lá. Mas é claro que estou preparado. Se me convidarem, eu vou”, disse o comandante palmeirense.

 

Luxemburgo ainda comentou sobre sua passagem pela Seleção e lamentou sua saída conturbada, causada pela eliminação nos Jogos Olímpicos de Sydney e pelo processo de sonegação fiscal no qual o treinador estava envolvido.

 
“Eu projetei a minha ida para a Seleção Brasileira. Cheguei à Seleção, aí me arrancaram de lá por causa de uma CPI que eu não tinha nada a ver. Eu estava no lugar certo, na hora errada. Tanto que não provaram nada até hoje”, completou.

 

Luxemburgo foi contratado para comandar a Seleção Brasileira em 1998 e foi demitido em 2000. Como técnico do Brasil, ele conquistou a Copa América de 1999 e dirigiu o time nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2002.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE