Mulher de 37 anos, identificada como Lieth, foi presa na tarde de domingo (9/2) ao ser flagrada por agentes penitenciários tentando entrar na PED (Penitenciária Estadual de Dourados) com maconha e estimulantes sexuais. 

 

O caso ocorreu por volta de 13h30 e ela entregaria os produtos ao irmão, identificado como Osvaldo, que cumpre pena na cela 31, do Raio-3.

 

Conforme a ocorrência, no momento da revista, a suspeita portava 200 gramas do entorpecente e 80 comprimidos escondidos na vagina. 

 

À polícia, ela se reservou o direito de permanecer calada, enquanto o irmão confessou pedir à Lieth há tempos para levar os ilícitos até ele na penitenciária, porém, ela sempre negava. 

 

Ambos foram encaminhados à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário). 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE