Idoso morre 44 dias depois de tropeçar e cair em panela com banha fervendo

Vergílio de Amorim, 71 anos, era morador de Miranda e estava internado na Santa Casa de Campo Grande

| ANA PAULA CHUVA / CAMPO GRANDE NEWS


Fachada da Santa Casa de Campo Grande onde idoso estava internado (Foto: Kisiê Ainoã)

Vergílio de Amorim, 71 anos, morreu nesta terça-feira (10) na Santa Casa de Campo Grande, 44 dias depois de cair em uma panela com banha de porco fervendo, na casa onde morava em Miranda, a 203 quilômetros de Campo Grande.

À polícia, a filha do idoso, que não teve a identidade divulgada, contou que no dia 27 de março o Vergílio estava fritando banha de porco e acabou tropeçando e caiu com o rosto na panela.

Conforme o registro policial, ele chegou a ser socorrido e levado para o hospital da cidade, mas acabou sendo transferido para a Santa Casa da Capital, no mesmo dia com ferimentos no rosto, tronco, abdomem e vias aéreas.

No hospital, o idoso ainda sofreu com múltiplas complicações, insuficiência renal aguda, reação cutânea a medicamentos e choque séptico na pele e nos pulmões e na tarde de ontem não resistiu e morreu.

O caso foi  registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro como morte a esclarecer



Comentários

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE