Motorista de Conrado e Aleksandro é investigado por homicídio e sobreviventes prestam depoimento

Aleksandro e outras cinco pessoas não sobreviveram. Já o cantor Conrado está internado na UTI. Acidente ocorreu no último sábado (7).

| MIDIAMAX


(Foto: Reprodução/ Instagram)

O motorista da dupla sertaneja Conrado e Aleksandro é investigado por homicídio e lesão corporal dolosa na direção de veículo automotor, conforme divulgou a Polícia Civil do estado de São Paulo. Ao todo, 19 pessoas viajavam no ônibus, na Rodovia Regis Bittencourt, quando ocorreu um acidente no último sábado (7). Aleksandro e outras cinco pessoas não sobreviveram.

Ainda de acordo com a polícia, alguns sobreviventes já prestaram depoimento. A investigação, até o momento, aponta que a banda saiu de Tijucas do Sul, no Paraná, com destino a São Pedro, no interior paulista, onde fariam show durante a noite. 

No entanto, por volta das 10h30, no km 402 da rodovia, o motorista perdeu o controle do veículo. Outro motorista inclusive filmou momentos em que o ônibus passava pela rodovia e disse que ele estava correndo muito, chegando até a 140 km/h. As imagens viralizaram nas redes sociais. 

Os bombeiros relataram que houve uma forte explosão, indicando que um dos pneus estourou e isso, possivelmente, levou a perda de controle da direção. O ônibus saiu da pista, caiu no canteiro central e tombou. 

Cantor sobrevivente está na UTI em estado grave

O velório do cantor Aleksandro ficou marcado para às 20h30 deste domingo (8), no Ginásio de Esportes Luiz Bom, em Londrina (PR). A mãe dele, que reside em Dourados, região sul do estado, já viajou para o Paraná. Além dele, outras cinco pessoas faleceram. 

Já o cantor Conrado permanece em estado grave, na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), internado com mais 11 membros da equipe.

Dupla sertaneja surgiu em Dourados



Comentários