Com dívida de R$ 30 milhões, empresário é suspeito de matar a mãe, mulher, filho e sogra

As investigações apontam que empresário também sofria de depressão

| MIDIAMAX


Foto: RBS TV/Reprodução

Uma família foi encontrada morta na última quarta-feira (27) em um condômino de luxo em Porto Alegre, Santa Catarina. Com dívida de R$ 30 milhões, o suspeito do crime de homicídio é o empresário Otávio Júnior, de 44 anos. Segundo a polícia, ele teria matado a mulher, filho, sogra e cometido suicídio.

Otávio era dono de uma empresa de distribuição de alimentos. A suspeita da motivação do crime e do suicídio teria sido pela dívida acumulada em R$ 30 milhões. As investigações apontam que ele também sofria de depressão.

Segundo os policiais, os corpos foram encontrados com marcas de tiros no rosto. O filho do empresário, de 14 anos, estava ao lado do pai, por esse motivo os agentes suspeitam que o adolescente tenha sido a última vítima.



Comentários

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE