Procon-MS identifica aumento de preço irregular em postos de combustíveis em Campo Grande

Estabelecimentos estão cobrando valor reajustado mesmo com estoque antigo

| MIDIAMAX/GABRIEL NEVES


Imagem ilustrativa - (Foto: Arquivo/Midiamax)

Diversos postos de combustíveis em Campo Grande foram flagrados aumentando o preço de seus combustíveis ainda com o estoque antigo, durante fiscalização do Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor). O aumento foi anunciado pela Petrobras na terça-feira (11) e alta já foi repassada para as bombas na quarta-feira (12).

Segundo o superintende do Procon-MS, Marcelo Salomão, os estabelecimentos estão sendo fiscalizados pelo órgão. Até o momento 16 postos de combustíveis foram visitados por equipes do Procon-MS e 70% apresentaram irregularidades.

'Tem de tudo (irregularidades), mas a maioria é de reajuste com estoque velho no tanque. Para nós, é o mais grave', comentou Salomão. A fiscalização do Procon-MS teve início ainda na quarta e deve continuar nos próximos dias, comentou Salomão. 

De acordo com o Presidente do Sinpetro, Edson Lazarotto, o reajuste da gasolina foi de 4,85% o que equivale a 15 centavos. O preço do diesel também foi reajustado em 8%, ficando 26 centavos mais caro.

O último aumento ocorreu em outubro de 2021. Dois meses depois, em dezembro do ano passado, a Petrobras reduziu o valor da gasolina em 3,3% — a primeira queda desde junho.



Comentários

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE