Suspeito foge com a chegada da PM depois de agredir e manter esposa em cárcere

Vítima deixou a cidade com o filho após a denúncia

| MIDIAMAX/RENATA PORTELA


Polícia Militar esteve no local (Arquivo, Midiamax)

Por volta das 20 horas de domingo (9), mulher de 28 anos foi libertada de cárcere privado na própria casa, onde era agredida pelo marido, de 34 anos. O casal é morador em Paranhos, cidade distante 477 quilômetros de Campo Grande, e o suspeito conseguiu fugir antes da chegada da polícia.

Policiais militares foram acionados para irem até a casa da vítima por vizinhos. Segundo eles a mulher era agredida pelo marido e, no local, os policiais encontraram e conversaram com a vítima. Ela contou que o marido estava embriagado e teria começado a dar socos nele mesmo, por ciúmes.

Com medo, a mulher pegou o filho e tentou sair da casa, quando foi puxada pelos cabelos e jogada contra a parede. O homem continuou a agredir a vítima com tapas no rosto e fazia ameaças de morte a todo momento. Por ele ter uma arma de fogo em casa, a vítima temia fugir.

O suspeito fugiu antes da chegada da polícia e não foi localizado. Libertada do cárcere, a mulher deixou a cidade com o filho após a denúncia feita à polícia. O caso foi registrado na delegacia como lesão corporal dolosa e ameaça qualificadas por violência doméstica e sequestro e cárcere privado.



Comentários

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE