Motorista se finge de morto ao ser roubado quando descansava no carro

Foi agredido por várias pessoas e sofreu cortes na cabeça

| MIDIAMAX


No início da manhã desta sexta-feira (29), homem de 34 anos foi vítima de assalto quando descansava no carro estacionado na Rua Maina, Jardim Colibri. Ele parou o veículo, quando foi abordado por um grupo de pessoas e disse que se fingiu de morto após ser agredido.

 

O motorista estacionou o Corsa Classic na esquina da Avenida Guaicurus com a Rua Maina para descansar, conforme o relato aos policiais. Ele tinha bebido e foi surpreendido por várias pessoas, sendo agredido na cabeça e arrancado do carro. O homem afirmou que, neste momento, se fingiu de morto e ficou caído no chão.

 

Os bandidos fugiram levando a aparelhagem de som do veículo, avaliada em R$ 10 mil, as rodas esportivas e a carteira com aproximadamente R$ 900. Equipes da Força Tática do 10º Batalhão e Corpo de Bombeiros estiveram no local e a vítima foi socorrida e levada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Universitário.

 

O caso foi registrado como roubo e roubo majorado pelo concurso de pessoas na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga, mas os suspeitos não foram encontrados.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE