IVINHEMA: Meteorologia alerta 63 municípios para grande perigo, entre eles Ivinhema

| ANA OSHIRO / CAMPO GRANDE NEWS


Alerta vermelho, de grande perigo, vale para 63 cidades de MS. (Foto: Reprodução/Inmet)

Dois novos avisos meteorológicos emitidos pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) no fim da manhã deste sábado (23), colocam em alerta todos os 79 municípios de Mato Grosso do Sul.

O perigo maior, de acordo com o Inmet, é para as regiões leste, sudoeste, centro norte e pantanal sul mato-grossense, onde 63 cidades estão sob aviso vermelho, de grande perigo, entre 17h de hoje e 3h da madrugada de domingo (24).

Para todo o estado, foi emitido também o alerta laranja, válido das 10h50 de hoje até 12h de domingo.

Com previsão de chuva superior a 100 mm/dia, ventos superiores a 100 km/h, e queda de granizo, há grande risco de danos em edificações, corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores, alagamentos e transtornos no transporte rodoviário.

No interior, a chuva forte chegou acompanhada de granizo na manhã deste sábado, trazendo uma prévia de como deve ser a situação em grande parte do estado. Confira no vídeo abaixo, a situação em Bodoquena, a 266 km de Campo Grande.

A orientação é que a população desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia. Em caso de enxurrada, ou similar, coloque documentos e objetos de valor em sacos plásticos, e em caso de situação de grande perigo confirmada, procure abrigo.

Quem precisar de ajuda ou mais informações, pode acionar a Defesa Civil pelo telefone 199, ou o Corpo de Bombeiros através do 193. A recomendação das autoridades é que a população permaneça em casa para própria segurança.

De acordo com o meteorologista Natálio Abrahão, na manhã deste sábado, já foram registrados ventos de 72 km/h, acompanhados de trovoadas em Aral Moreira. Em Itaquiraí e Iguatemi, o registro do vendaval foi de 56 km/h, por volta das 10h30. Na cidade de Laguna Carapã, houve rajadas de ventos fortes, com 79 km/h, causando problemas com árvores e com poeira.



Comentários

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE