Com cachê de até R$ 12 mil, fundação seleciona artistas para festival

| BáRBARA CAVALCANTI / CAMPO GRANDE NEWS


Apresentação de show antigo em Campo Grande. (Foto: Arquivo/Fundação de Cultura de MS)

Artistas de todo Estado podem se inscrever para participar do 'Festival de Arte e Cultura de MS - Diversidade e Cidadania'. A chamada pública está na edição de hoje (13) do Diário Oficial do Estado.

Há diferentes valores de cachê, sendo o mais alto, o de R$ 12 mil para três shows musicais, de duração entre 50 e 60 minutos. De acordo com a Fundação de Cultura, o evento deve acontecer entre os dias 22 de novembro e 5 de dezembro.

Intitulado “Campão Cultural - 1º Festival de Artes, Diversidade e Cidadania de MS', poderão participar no festival músicos, artistas de teatro, de circo, dança, audiovisual e artes visuais. Ainda conforme a Fundação de Cultura, cada proponente poderá se inscrever somente uma única vez. As inscrições estão abertas a partir de hoje e seguem até o dia 24 de outubro.

Confira abaixo as categorias a serem selecionadas:

Música: 

3 shows musicais, entre 50 minutos e 60 minutos de duração, de artistas solos, grupos ou coletivos, que comprovem 4 anos de atuação artística através de portfólio, para serem apresentados em palco de grande porte. Valor bruto por apresentação: R$ 12.000,00;

4 shows musicais, entre 40 minutos e 50 minutos de duração, de artistas solos, grupos ou coletivos, para serem apresentados no palco da 1ª Feira da Música de Campão. Valor bruto por apresentação: R$ 7.000,00;

4 discotecagens, com 30 minutos de duração, de artistas solos, grupos ou coletivos, para serem apresentadas no set de DJ da 1ª Feira da Música de Campão. Valor bruto por apresentação: R$ 2.000,00;

17 shows musicais, com duração entre 40 minutos e 50 minutos de duração, de artistas solos, grupos ou coletivos, para serem apresentados na programação noturna da 1ª Feira da Música de Campão, na Feira de Artesanato e no Circuito Comunidades. Valor bruto por apresentação: R$ 4.000,00.

6 palestras shows, com temas relacionados à história e origem da música de MS, com duração entre 50 minutos e 60 minutos de duração, de artistas solos, grupos ou coletivos, para serem apresentados em ambiente escolar. Valor bruto por apresentação: R$ 5.000,00.

Teatro:

6 espetáculos com no mínimo 35 minutos de duração de artistas solos, grupos ou coletivos, que comprovem no mínimo 2 anos de atuação na área através do portfólio, para serem apresentados em ruas, praças ou espaços adaptados com estrutura de iluminação cênica. Valor bruto por apresentação: R$ 7.000,00.

Circo: 

6 espetáculos com no mínimo 35 minutos de duração de artistas solos, grupos ou coletivos, que comprovem no mínimo 2 anos de atuação na área através do portfólio, para serem apresentados em ruas, praças ou espaços adaptados com estrutura de iluminação cênica. Valor bruto por apresentação: R$ 7.000,00.

Dança: 

6 espetáculos com no mínimo 35 minutos de duração de artistas solos, grupos ou coletivos, que comprovem no mínimo 2 anos de atuação na área através do portfólio, para serem apresentados em ruas, praças ou espaços adaptados com estrutura de iluminação cênica. Valor bruto por apresentação: R$ 7.000,00.

Audiovisual: 

8 curta-metragens, com no máximo 25 minutos de duração, classificação livre, para exibição ao ar livre e similares. Valor bruto por exibição: R$ 2.000,00;

4 curta-metragens, com no máximo 25 minutos de duração, classificação 12 anos ou mais, para exibição direcionada a público específico. Valor bruto por exibição: R$ 2.000,00.

Artes Visuais: 

10 aquisições de obras de arte, podendo ser desenho, pintura, gravura, escultura, fotografia, objeto ou arte digital, para exposição imersiva e mapeada. Valor bruto por cada aquisição:  R$ 5.000,00.

Curta o Lado B no Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: [email protected] ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.



Comentários

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE