Caso Fernanda Ribeiro: Advogado acusado do crime deve participar de audiência em Batayporã nesta sexta (17)

| NOVANEWS


Conforme noticiado pelo Nova News em matéria publicada no mês de agosto, o advogado, de 42 anos, acusado de matar a moradora de Nova Andradina, Fernanda Daniele de Paula Ribeiro dos Santos, de 36 anos, deve participar de audiência nesta sexta-feira (17), nas dependências do Fórum da Comarca de Batayporã.

Os trabalhos relativos à primeira audiência sobre o caso estão previstos para às 09h e a expectativa é de que eles ocorram de forma presencial, motivo pelo qual o acusado, que se encontra preso em Campo Grande, deverá ser escoltado até Batayporã.

Mais de 10 testemunhas ligadas ao caso também teriam sido intimadas a comparecerem para participar da audiência designada pelo juiz Aldrin de Oliveira Russi.

O caso

Fernanda Ribeiro foi encontrada morta no dia 29/04/2021 à margem da MS-276, em Batayporã e, desde então, a Polícia Civil iniciou uma série de investigações que resultaram na prisão do advogado, com quem a vítima mantinha um relacionamento amoroso.

O advogado se tornou réu por homicídio triplamente qualificado e mais dois crimes após o Poder Judiciário acatar denúncia feita pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul (MP-MS).

No entendimento do MP-MS, o crime foi cometido com emprego de meio cruel e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima. 

Ele ainda teria ocultado o cadáver da namorada em um milharal, sendo que o corpo só foi encontrado na manhã seguinte. O advogado teria também alterado elementos com fim de induzir as autoridades a erro.

Desde o início, o caso gera grande comoção popular, ganhando destaque inclusive nas mídias regional, estadual a até nacional.



Comentários

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE