Coluna do Pigosso: Ser ou não ser

| ADEMIR PIGOSSO


Ademir Pigosso (Colunista)

SER OU NÃO SER

“Não é a consciência do homem que lhe determina o ser, mas, ao contrário, o seu ser social que lhe determina a consciência”.
Karl Marx

Esta semana passada, mais precisamente quinta-feira, um grupo de dez pessoas ligadas a diversos seguimentos da sociedade ivinhemense, dentre eles da Educação, Conselho, Ongs, Universidade e Entidade Governamental, estiveram fazendo uma visita ao Aterro Sanitário de Glória de Dourados, MS.

Fomos recebido pela responsável e coordenadora do mesmo, que em uma breve explanação nos informou como funciona, quais os munícipios que compõem o Consórcio e suas atribuições.

Durante a sua fala, ela mencionou sobre o que pode e o que não deveria conter no container enviado por cada membro. Lembrou sobre os inservíveis, que costumeiramente descartamos, mas afinal o que é?

A nossa consciência nos cobra imediatamente, quando não fazemos o descarte correto dos resíduos sólidos, o peso vem a nos assombrar, ou até mesmo quando descarto o meu lixo no terreno vizinho. É claro e notório que pagamos a taxa de lixo, valor esse muito questionável, porém não me assegura o direito de descartar o produto em terras alheias. Temos o serviço prestado pelo Órgão Público, que é coletar e dar destino correto aos resíduos. No entanto a conscientização da separação, e exposição dos mesmos, ficando a cargo do contribuinte. Onde poderá evitar acidentes e contaminações de doenças aos coletores.

Descartar pneu, geladeira, bateria, sofá e outros do mesmo gênero, não deveria ser a nossa atitude. Devemos nos atentar a essa conduta, e mudar a nossa forma de descartar o acreditamos ser “lixo”, sendo ele ou não.

Pense nisso...

Um abraço a professora Zilmara e seus alunos do futsal.

(Ademir Pigosso)

 

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Site AconteceuMS



Comentários

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE