FÁTIMA DO SUL: Jovem de 20 anos morto em confronto com a PM acumulava 18 passagens

Caio foi morto, segundo a polícia, depois que invadiu em uma residência e disparou contra a equipe policial

| CAMPO GRANDE NEWS


Viatura da Polícia Miliar no local onde ocorreu o confronto (Foto: Direto das Ruas)

Foi identificado como Caio Kaique Alves do Espirito Santo, 20 anos, o rapaz morto em confronto com a Força Tática da Polícia Militar, no fim da manhã de ontem (11), em Fátima do Sul, distante 246 quilômetros de Campo Grande.

Caio Kaique tinha 18 passagens pela polícia desde quando era adolescente. Ele era fichado por crimes como: dirigir sem CNH (Carteira Nacional de Habilitação), furto, adulteração de sinal identificador de veículos, receptação e lesão corporal.

Conforme boletim de ocorrência, a Polícia Militar recebeu informação de que um homem havia invadido residência, na Rua Ademar Tenório Pacheco, para roubar. No endereço, os policiais foram recepcionados a tiros e revidaram. Nenhum PM ficou ferido. Já Caio foi baleado e socorrido pela própria equipe ao Hospital da Sias, onde morreu. O revólver calibre 32 que Caio utilizava foi apreendido com duas munições deflagradas.

Caso - Um pouco mais cedo, Wanderson Santos de Jesus, 23 anos, conhecido como Dadinho, também foi morto durante confronto com policiais do Batalhão de Choque, na Operação Malleus, deflagrada ontem (11) contra integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital).  Caio não era alvo da operação.



Comentários

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE