Com 3 UTIs lotadas, índice de ocupação na sexta-feira de Natal foi de 107%

| ADRIANO FERNANDES / CAMPO GRANDE NEWS


Hospital Regional registrou taxa de ocupação de 132,88% nas UTIs e 115,45% nos leitos clínicos. (Foto: Divulgação)

Nesta sexta-feira de Natal (25) a taxa de ocupação nos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) foi de 107,80%, em Campo Grande, conforme o painel Mais Saúde da Ses (Secretaria Estadual de Saúde).

A Santa Casa se mantém como a unidade mais superlotada com índice de 207,69%, ou seja, o hospital está atendendo mais que o dobro da quantidade de pacientes que suporta na Unidade Intensiva. O panorama também é o mesmo nos leitos clínicos da unidade, que são aqueles destinados a pacientes menos graves.

Nesta modalidade a taxa de ocupação é de 157,14%. O Proncor atendeu 16,67% a mais de pacientes em seus leitos clínicos e também está com a sua UTI lotada. Referência no atendimento a pacientes contaminados com o vírus, o Hospital Regional registrou taxa de ocupação de 132,88% nas UTIs e 115,45% nos leitos clínicos.

Já nos hospitais particulares o índice de ocupação é bem menos crítico, conforme o painel estadual. No Hospital Adventista do Pênfigo, 71,43% da UTI está ocupada e 60% dos leitos clínicos também. No El Kadri a ocupação da UTI está em 90% e nos leitos clínicos é de 69,70%.

A UTI da Unimed está com 75% leitos dos leitos ocupados e nos leitos clínicos a taxa de ocupação é de 75,44%. Já o Hospital da Cassems está com 86,96% da UTI ocupada e apenas 34,09% de seus leitos clínicos estão com pacientes.



Comentários

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE