IVINHEMA: Número de mulheres vítimas de violência doméstica aumentou nos últimos meses

Polícia Civil de Ivinhema fez um balanço dos casos registrados

| REDACAO ACONTECEUMS


Créditos da foto: Midia Ninja

A Delegacia de Polícia Civil de Ivinhema registra quase que diariamente casos envolvendo a Lei Maria da Penha.

No mês de Setembro de 2020 foi registrada uma média maior que o normal, no total, foram 34 casos de violência doméstica e familiar contra a mulher.

Até o dia 15 de Outubro de 2020 já foram registradas 16 ocorrências, relatando os mais diversos acontecimentos: na maioria dos casos são ofensas, ameaças e lesões corporais.

Como é comum muitas mulheres irem à Delegacia acompanhada dos filhos, a Polícia Civil de Ivinhema criou um espaço infantil para acolher as crianças, enquanto as mães prestam os esclarecimentos necessários.

A Delegada de Polícia, Dra. Gabriela Ribeiro de Souza e Violin, explica que o elevado número de registros tem um lado significativo, no sentido de que as mulheres estão buscando uma solução para a violência que sofrem. Ela também explica que além dos casos de violência doméstica tramitarem com “urgência”, Ivinhema possui um cartorário especializado para o atendimento dos crimes dessa natureza.



Comentários

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE